blog
Confira nossos últimos posts

Share

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

É hora de REpensar o turismo

É hora de REpensar o turismo.
No dia 24.05.2021 a CVC Corp apresentou seu conjunto de diretrizes estratégicas intitulado Reprograma CVC Corp. O nome que de imediato é associado à retomada do turismo frente à pandemia, na verdade, é um projeto ousado que redefine toda operação da empresa norteada pelos princípios da sustentabilidade.

A data é um marco importante para o setor de turismo brasileiro. Isto porque, quando a maior operadora de turismo das Américas anuncia que é preciso mudar sua forma de atuação e que a sustentabilidade deve ser vista como uma vantagem competitiva, as partes interessadas param para ouvir. Trata-se de um projeto significativo com metas a serem atingidas a longo prazo. Mas a partir de agora, espera-se que seus concorrentes, parceiros comerciais, franqueados, clientes multimarcas e clientes finais mudem algo no seu padrão de atuação e consumo.

“Sabemos que não vamos mudar o mundo sozinhos, mas temos condição de dar o exemplo, de mudar um pouco cada dia.”

Leonel Andrade, CEO da CVC Corp.

Como eu escrevi em “Os novos rumos do turismo”, as viagens pós pandemia da Covid-19 precisam mudar, não apenas em razão da mudança de comportamento dos consumidores, mas sobretudo porque é o certo a ser feito.

Considerado um dos maiores líderes do mercado financeiro, Larry Fink escreveu em 2019 na sua carta aos CEO’s que, “as empresas que cumprirem seu propósito e suas responsabilidades com as partes interessadas colhem frutos no longo prazo. Aquelas que não o fizerem ficarão pelo caminho. Essa dinâmica está se tornando cada vez mais evidente conforme a população se torna mais exigente em relação às empresas e como contribuem positivamente para a sociedade.”

Qual será a contribuição da CVC Corp?

Os objetivos foram desenhados considerando os ODS 8 (trabalho decente e crescimento econômico) e 12 (consumo e produção responsáveis) e os resultados serão cobrados. Isto porque, a CVC Corp aderiu ao Pacto Global da ONU, unindo-se a outros 16 mil membros de 160 países que assumiram o compromisso de contribuir com a Agenda 2030.

O projeto é robusto. Os objetivos perpassam questões sociais, com a premissa de REspeitar diversidades e atingir a meta de ter 20% de negros em cargos de liderança até 2030; questões ambientais com a diretriz de REduzir os impactos com ações para diminuir a poluição e melhor utilizaros recursos naturais; e REgenerar destinos e comunidades. Neste último ponto, o grupo se compromete a contribuir para recuperação dois biomas brasileiros ainda não definidos.

Ciente do tamanho do desafio, o grupo promete que as ações serão executadas a partir da REeducação de públicos. Para isso, criaram a Trilha de Aprendizagem em Sustentabilidade, Cartilha da Diversidade, Guia do Viajante Consciente e o Programa de Desenvolvimento em Turismo Sustentável.

Nesta primeira etapa, o foco está em todos os colaboradores da CVC Corp. Na sequência, apresentarão novidades para franqueados, depois para parceiros e clientes. Aqui vale lembrar o aviso dado aos stakeholders: todos serão incentivados e cobrados para que alinhem suas operações à nova postura do grupo.

Nas letras miúdas

O evento de lançamento tinha como público-alvo seus acionistas. Afinal, era necessário apresentar uma resposta consistente depois dos recentes problemas enfrentados pelo grupo, em razão das divergências contábeis identificadas em seus últimos balanços.

Apesar do abalo sentido pelos muitos desafios agravados pela pandemia, a chegada do CEO Leonel Andrade à CVC Corp pode se tornar um divisor de águas. Andrade fez a leitura acertada das deficiências do grupo, enxergou na crise a oportunidade para implementar demandas antigas e do mercado financeiro como: digitalização, CRM, estratégia de pricing e pautou a nova agenda da CVC Corp nas políticas de ESG (sigla em inglês para governança ambiental, social e corporativa). Mas, sobretudo, compreendeu qual é a função social deste grupo que detém um market share significativo no setor de turismo.

O REprograma CVC Corp pode ser o acerto de contas com o passado. Afinal, não se pode esquecer que a CVC Operadora (uma das empresas integrantes do grupo) tem sua imagem de mercado associada aos pacotes de viagens inflexíveis, com operação engessada, que oferece promoções que brincam com números para atrair clientes a qualquer custo.

Vale destacar também a importância do comprometimento em regenerar destinos, uma vez que, lugares como Natal, Porto Seguro e Punta Cana foram fomentados pela CVC e amplamente comercializados pelos fretamentos. Mas, por outro lado, até hoje colhem frutos amargos do turismo massificado, como perda de caracterização, pouco incentivo às comunidades locais e problemas de devastação ambiental.

REpensando o futuro

Pode-se dizer que a CVC Corp deu um passo importante para fazer parte do seleto grupo de empresas que buscam se posicionar de forma consciente e respeitosa para com a sociedade e com o meio ambiente. Mas, é esperado que o mercado de turismo receba essa novidade com cautela, especialmente aqueles que defendem há muitos anos a importância da sustentabilidade no turismo e viam o grupo como um vilão no enredo.

Certamente apoiar a diversidade no seu quadro de funcionários e poder contar com Rachel Maia no Conselho Administrativo renova a bolsa de apostas. Assim como o ápice do evento ter sido o momento em que a jornalista Cynthia Martins convidou Maia para subir ao palco e comentou que era um orgulho ter duas mulheres pretas falando sobre mudanças significativas num mercado tão importante como o turismo. Uma cena simbólica que deu um toque de esperança. E especialmente porque o turismo é um setor que promove encontros e transforma pessoas, mas infelizmente ainda precisa encontrar soluções para as graves situações de racismo enfrentada pelo público negro.

Por isso, é preciso acompanhar as próximas etapas deste novo capítulo da CVC Corp. Mas há que se tirar o chapéu pela atitude responsável e arrojada.

O primeiro passo foi dado!

perfil viaje com alice

Olá, eu
sou a alice

Olá! Meu nome é Alice Assad Wassall, eu sou consultora de sustentabilidade no turismo. Estou aqui para ajudar você a identificar o propósito da sua empresa e a adaptá-la a todas as tendências da sustentabilidade. 

blog

perfil viaje com alice

Un blog sobre la sostenibilidad en el turismo

Se você quer ler em português, clique aquiIf you want to read in english, clique hereLa sostenibilidad y los negocios de impacto positivo son temas que, de alguna manera, siempre han estado presentes en mi vida. Esta es una de las razones por las que hoy en día la sostenibilidad

Leia mais »

DÚVIDAS, ELOGIOS, ALGUM COMENTÁRIO? ENVIE UMA MENSAGEM.

É muito bom ter você por aqui, caso tenha algo a dizer, seja para elogiar ou criticar, não hesite em me enviar uma mensagem, terei o maior prazer em respondê-lo o mais breve possível. Muito obrigada!

Conteúdos sustentabilidade, turismo, cidade criativa e hospitalidade. Aproveite! 

cadastre-se agora para acessar os materiais.

cadastre-se e acesse agora.

receba um conteúdo exclusivo sobre a área do turismo.

cadastre-se e receba.