blog
Confira nossos últimos posts

Share

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

Aprenda o que são viagens conscientes e com propósito

Todo santo dia somos bombardeados por anúncios para comprarmos algo que não precisamos. Essa lógica do marketing dificilmente mudará. Porém, entre sermos impactados por esses anúncios e concretizarmos a compra, há uma linha muito tênue chamada decisão de compra que pode feita por impulso ou não. O mesmo acontece quando o assunto é viagens, você pode comprar uma por impulso ou fazer uma viagens conscientes e com propósito.

Eu já cai na besteira incontáveis vezes e comprei coisas que não precisava, especialmente quando estava montando o enxoval da minha filha (Spoiler: quando o assunto é bebê o céu não é o limite). Mas, depois que me tornei mãe eu aprendi que tudo o que eu faço atinge de alguma forma a minha filha. Logo, preciso dar o bom exemplo.

Quando um anúncio me chama atenção eu entro, olho, às vezes chego até o carrinho e invariavelmente antes de colocar o cartão eu me faço duas perguntas:

  • “O que isso vai agregar na minha vida?”
  • “Isso é essencial?”

Em 100% das vezes eu acabo saindo do site e me sinto no controle da minha decisão. Isso porque, eu me lembro que essa enxurrada de ofertas só serve para agirmos por impulso, para tirar o nosso controle de tomarmos decisões conscientes.

Quem nunca pegou ranço de pacotes de viagem enlatados porque comprou um bem baratinho em cima da hora e teve surpresas desagradáveis? Como por exemplo, uma parada num restaurante que supostamente serviria comida típica e acabou comendo macarrão, batata frita e bife?

Não me entenda mal.

Eu não sou contra viagens. Sou contra viagens compradas por impulso ou por motivo fútil ou banal com status.

Substituímos o desejo de pertencimento e satisfação por comprar coisas achando que com isso nos sentiremos que somos suficiente.

Que tal competir com o que realmente importa?

Em 2007, eu fui ao Reino Unido e Irlanda com a minha mãe para termos uma imersão na cultura inglesa e praticar o idioma. Fizemos uma viagem de circuito guiado em inglês que durou 13 dias. Éramos 30-35 pessoas, sendo quatro brasileiros, os demais eram americanos, australianos, canadenses e neozelandeses.

Eu perdi a conta de quantas cidades eu conheci e não me lembro de metade delas. Tenho um tanto de foto de lugares que não sei falar onde ficam e que não me agregaram em nada. Se eu pudesse, eliminaria 60% do roteiro para poder aproveitar melhor os outros 40% do circuito.

Viagens conscientes e com propósito tem um motivo por trás.

Nessa ocasião, o meu propósito foi aprimorar meu domínio do inglês. Por outro lado, essa viagem poderia ter sido mais consciente se o roteiro fosse mais devagar, com mais qualidade do que quantidade.

O grande desafio das viagens é ter liberdade para escolher para onde ir e o que será feito. Já se perguntou como você decide suas viagens? Você pode achar que está escolhendo determinado lugar por livre e espontânea vontade. Mas na maioria das vezes, as escolhas de destino são influenciadas por um amigo, anúncio, um influencer que ganhou algum benefício para falar daquele lugar, por pacotes de viagem ou promoção de passagem que que foram estrategicamente pensados para serem vendidos e tá tudo bem.

A questão é: você parou para pensar por que quer mesmo ir? O que vai significar para você essa viagem?

É preciso ter intenção, propósito, consciência para que a viagem faça algum sentido para você, para agregar algo significativo na sua vida. As recordações de uma viagem não podem ser apenas uma foto ou stories para receber emojis e likes. Eu tenho certeza que podemos ser viajantes melhores que isso.

Sabe por que viajar é importante? Porque nos força a sair da zona de conforto e aguçar nossos ouvidos para ouvir e para tentar compreender as perspectivas dos outros. Com o tempo, essas perspectivas moldam melhor nossa visão de mundo.

“Viver uma vida de forma consciente e intencional dá trabalho. Fácil é seguir o fluxo.” (Os Minimalistas)

perfil viaje com alice

Olá, eu
sou a alice

Olá! Meu nome é Alice Assad Wassall, eu sou consultora de sustentabilidade no turismo. Estou aqui para ajudar você a identificar o propósito da sua empresa e a adaptá-la a todas as tendências da sustentabilidade. 

blog

É hora de REpensar o turismo

É hora de REpensar o turismo. No dia 24.05.2021 a CVC Corp apresentou seu conjunto de diretrizes estratégicas intitulado Reprograma CVC Corp. O nome que de imediato é associado à retomada do turismo frente à pandemia, na verdade, é um projeto ousado que redefine toda operação da empresa norteada pelos

Leia mais »

DÚVIDAS, ELOGIOS, ALGUM COMENTÁRIO? ENVIE UMA MENSAGEM.

É muito bom ter você por aqui, caso tenha algo a dizer, seja para elogiar ou criticar, não hesite em me enviar uma mensagem, terei o maior prazer em respondê-lo o mais breve possível. Muito obrigada!

Conteúdos sustentabilidade, turismo, cidade criativa e hospitalidade. Aproveite! 

cadastre-se agora para acessar os materiais.

cadastre-se e acesse agora.

receba um conteúdo exclusivo sobre a área do turismo.

cadastre-se e receba.